NOTÍCIAS

Internalização dos funcionários Pan Serv para Bancários do Banco Pan

 

Iniciamos esse processo há dois anos com o Banco Pan com a finalidade de trazer esses trabalhadores para a categoria bancária, pois constatamos que os serviços realizados por eles estavam relacionados a serviços bancários.

Em negociação solicitamos a internalização destes trabalhadores para a categoria, o processo teve início no Sindicato dos Bancários de São Paulo, no setor da mesa de crédito onde internalizamos trezentos trabalhadores e fizemos um acordo de jornada de trabalho relacionados a esse setor do Banco.

Cobramos que o debate deveria ser em nível nacional, pois existiam trabalhadores em outras bases sindicais com a mesma realidade, sendo necessária uma solução para todos.

Recebemos no dia 23/08, na sede da Contraf-CUT (Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), os representantes do banco Pan. O banco apresentou o cronograma de internalização e também do ponto eletrônico a ser efetivado nos locais de trabalho, que serão implementados nas bases das federações da Contraf-CUT nos meses de setembro e outubro de 2016.

O número total é de 1.400 trabalhadores, espalhados por todas as nossas federações e que passarão a ter direitos as conquistas da nossa convenção coletiva.

Pelo cronograma a internalização em Campina Grande será no mês de outubro e contempla 8 (oito) funcionários.

Ponto Eletrônico

Além da internalização também será implementado o Ponto Eletrônico. O Sindicato tem até o dia 23 de setembro para realizar assembleia com os funcionários da Pan Serv, para discussão e aprovação da minuta do Acordo que Regulamenta o Sistema Alternativo Eletrônico de Jornada de Trabalho (Ponto Eletrônico) com vigência de dois anos a contar do dia 02/09/2016, a ser celebrado com o Banco Pan S/A.

 

Fonte: Seeb_CGR

 

AGENDA

Sem agenda no momento