Bancários de Campina Grande reforçam a luta contra a Reforma da Previdência

O Sindicato está percorrendo todas as unidades da base e em seguida montará pontos de coletas de assinaturas em frente as grandes agências

Os bancários de Campina Grande e Região estão mobilizados contra a Reforma da Previdência. A categoria tem reforçado a luta assinando um abaixo-assinado contra a PEC 06/2019, que eleva o tempo de contribuição e a idade mínima, além de reduzir os valores das aposentadorias.

Os diretores estão percorrendo as unidades da base debatendo com os bancários sobre as perdas da reforma e recolhendo as assinaturas que serão encaminhadas ao congresso nacional, reafirmando o posicionamento dos trabalhadores contra o projeto.

O abaixo-assinado

Endereçado ao presidente da Câmara Rodrigo Maia, o abaixo-assinado exige que os deputados votem contra a PEC 06/2019, que desmonta a Previdência Social. “Esta Proposta de Emenda à Constituição dificulta o acesso à aposentadoria, aumenta o tempo de contribuição e de trabalho, diminui o valor dos benefícios e ameaça a existência da seguridade social (aposentadoria, benefícios da assistência social como o BPC e as políticas de saúde). Enquanto isso, a PEC 06/2019 não combate a sonegação das empresas devedoras da previdência, mantém privilégios e incentiva a previdência privada (os planos de capitalização), que só beneficiam os banqueiros”, diz texto do documento.

Fonte: Seeb-CGR