Sindicato se une aos professores e estudantes em defesa da educação

O #TsunamiDaEducação invadiu Campina Grande, e os bancários se uniram aos professores e estudantes para reforçar a Greve Nacional nesta quarta-feira (15), contra o corte de investimentos na educação básica e superior, e contra o desmonte da aposentadoria.

Em Campina Grande, as manifestações tiveram início a partir das 9h, na Praça da Bandeira, no Centro da cidade. Houve ato público com pronunciamentos de professores, estudantes e vários representantes de movimentos sociais e sindicais, e em seguida centenas de pessoas percorreram as principais ruas da cidade, munidos de faixas e cartazes, gritando palavras de ordem para população.

“Nenhuma nação pode progredir sem conhecimento. A educação é a base para o avanço emergencial do desenvolvimento econômico, social e intelectual o qual nosso país tanto padece. Precisamos estar unidos e mobilizados para defender o ensino público e gratuito para todos”, frisou Rostand Lucena, presidente do Sindicato.

Esta foi a primeira grande mobilização enfrentada pelo atual governo, que já coleciona recordes de desaprovação. “O futuro do nosso país está seriamente comprometido com o desmonte da educação e da previdência, por isso, o Sindicato apoia os professores e os estudantes nessa luta que é de todos nós”, disse ainda Rostand.

Fonte: Seeb_CGR