Bancários de Campina Grande vão às ruas em defesa da Previdência Social

O Sindicato dos Bancários de Campina Grande foi às ruas nesta sexta-feira (22), em defesa da Previdência Social. A mobilização fez parte do Dia Nacional de Luta contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, que dificulta o acesso à aposentadoria e reduz os benefícios previdenciários.

Em Campina Grande, o ato público organizado pelas centrais sindicais e movimentos populares teve início às 9h, na Praça da Bandeira. Em seguida, os trabalhadores saíram pelas principais ruas da cidade, munidos de faixas e cartazes, chamando a atenção da população contra os prejuízos da reforma.

A proposta de reforma da Previdência é uma tragédia para os trabalhadores. Se o Congresso Nacional aprovar o texto da PEC 06/2019 milhares de trabalhadores não vão conseguir se aposentar e muitos se aposentarão com benefícios de menos de um salário mínimo. E os que já estão aposentados terão o valor dos benefícios achatados.

Na categoria bancária, por exemplo, setor que mais sofre com sobrecarga de trabalho, é impossível que um bancário consiga trabalhar por mais 40 anos. “Somente com unidade e forte mobilização será possível barrar essa reforma. Assim como a luta dos trabalhadores conseguiu frear a proposta do governo Temer, que era pior do que a do atual governo, é possível resistir e lutar contra essa nova ameaça”, frisou Rostand Lucena, presidente do Sindicato.

Fonte: Seeb_CGR