Bancários do Banco do Brasil aprovam paralisação de 24h no dia 29/01

26 de janeiro de 2021

Com 93,42% os funcionários do Banco do Brasil decidiram paralisar por 24h as atividades na próxima sexta-feira (29). A votação ocorreu em assembleia virtual realizada pelo Sindicato, nesta segunda-feira (25). A mobilização é um protesto contra a reestruturação anunciada pelo banco que irá dispensar 5 mil funcionários e fechar centenas de agência.

A orientação é que todos os empregados usem preto na sexta. Durante o dia também será distribuída uma carta aberta a população.

Desde o anúncio da reestruturação, o Sindicato vem atuando junto com a Confederação Nacional dos Trabalhadores Financeiro (Contraf-CUT), Comissão de Empregados do Banco e demais sindicatos discutindo formas de frear mais um ataque aos funcionários da empresa.

Além das mobilizações nos locais de trabalho e nas redes sociais, a entidade sindical também irá formular denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho, relatando a postura arbitrária e intransigente da instituição financeira, que tem como maior objetivo desmontar o serviço público.

“O BB é patrimônio do povo brasileiro. Não podemos permitir o seu desmonte. Com a reestruturação perde os funcionários, perde os clientes e toda população, em especial as mais humildes, que moram nas regiões do Sertão e Agreste, onde o Banco exerce um papel ativo não só no atendimento, como também na concessão de crédito para a agricultura familiar”, destacou Esdras Luciano, Presidente do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e região.

Mais do que nunca, o momento exige unidade dos bancários do BB, para tentar barrar os ataques promovidos pelo atual governo e a direção do banco.

Fonte: Seeb_CGR