Categoria faz novos atos contra demissões no Bradesco

30 de novembro de 2020

Manifestações acontecem em agências de departamento do banco em todo o país
 
Bancários de todo o Brasil realizam nesta segunda-feira (30) mais um Dia de Luta contra as Demissões que estão sendo feitas pelo Bradesco. São atos em agências e departamentos para denunciar o desrespeito do banco para com o acordo firmado com o movimento sindical bancário no começo do ano, de não haver demissões durante a pandemia.
 

O Bradesco já demitiu este ano mais de 2.500 trabalhadores, de acordo com cálculos da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco, mesmo tendo registrado Lucro Líquido Recorrente de R$ 12,657 bilhões nos primeiros nove meses de 2020.

As ações, que fazem parte da campanha organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e sindicatos dos bancários de todo o país, não irão parar até que o banco pare de demitir e sejam revertidas as demissões realizadas.

Fonte: Contraf-CUT