COE negocia horas negativas, teletrabalho e Programa Gera com Itaú

30 de abril de 2022

Reunião acontece na segunda-feira (2), às 15h

O retorno sobre a quitação das horas negativas, Programa Gera, renovação dos acordos de teletrabalho e ponto eletrônico serão os pontos da pauta da reunião entre a Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú e a direção do banco, na tarde de segunda-feira (2).

Horas negativas

Na penúltima reunião, em março, o movimento sindical propôs que, a partir de 31 de agosto, quando ocorre o vencimento do acordo das horas negativas, o funcionário que ficar devendo horas seja desobrigado de compensá-las. A ideia surgiu por se tratar de um grupo pequeno o que não conseguiu fazer repor a reposição por falta de equipamentos ou problemas pessoais. O banco afirmou que não teve tempo hábil de responder no encontro seguinte. Portanto, o assunto volta à mesa na segunda-feira (2).

Teletrabalho

Sobre os acordos de teletrabalho, os representantes dos trabalhadores querem iniciar uma discussão devido à Medida Provisória (MP) com mudanças nas regras de teletrabalho, baixada na última segunda-feira (25).

Fonte: Contraf-CUT