Contraf-CUT participa de reunião da Aliança Latino-Americana em Defesa dos Bancos Públicos

Encontro analisou a conjuntura e a situação de cada banco público, dos países da aliança, perante ao risco das privatizações, e planejou as ações para o próximo período

A Contraf-CUT participou, na quarta-feira (8), da reunião da Aliança Latino Americana em Defesa dos Bancos Públicos, em Brasília. O encontro analisou a conjuntura e a situação de cada banco público, dos países da aliança, perante ao risco das privatizações, e planejou as ações para o próximo período.

O secretário Geral da Contraf-CUT, Gustavo Tabatinga Jr, afirmou que o encontro é de extrema importância para a organização contra os ataques aos bancos públicos. “É muito bom poder contar com a presença dos companheiros de toda América Latina, que se solidarizam com a nossa luta em defesa dos bancos públicos e, também, poder escutar o quanto os bancos brasileiros são importantes para o fomento da dinâmica econômica da região latino-americana. A nossa organização procura apoio de vários países para que possamos enfrentar os ataques ao nosso patrimônio”, afirmou.

Para o diretor regional da Uni Américas Finanças, Gillermo Maffeo, o governo de direita do Brasil quer acabar com os direitos dos brasileiros. “A direita está atacando os bancos públicos com a tentativa de privatização. Isso é um ataque contra o povo e contra os trabalhadores. Os bancos públicos fazem políticas sociais que os bancos privados não se interessam em fazer. Nós, os sindicatos e os trabalhadores, estamos unidos fazendo uma luta comum para enfrentar as políticas neoliberais. ”, concluiu.

Fonte: Contraf-CUT