Eleições da Fundação Itaú-Unibanco começam na quarta-feira (5)

3 de maio de 2021

Contraf-CUT apoia a “Chapa 1 – Fundação para todos, o futuro é nosso”

As eleições da Fundação Itaú começam na próxima quarta-feira (5), por voto digital. Até o 13 de maio, os bancários ativos e assistidos poderão escolher os representantes dos participantes ativos, autopatrocinados, optantes pelo BPD e em fase de opção e dos participantes assistidos no Conselho Deliberativo, no Conselho Fiscal e nos Comitês de Planos.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) apoia a “Chapa 1 – Fundação para todos, o futuro é nosso”.  Para Jair Alves, coordenador da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, este apoio é fundamental para conferir mais força e autoridade aos representantes na gestão do fundo de pensão. “A parceria entre nossos representantes e as entidades sindicais é ainda uma garantia de que os dirigentes eleitos da Fundação Itaú-Unibanco e dos Comitês de Gestão dos planos atuarão em defesa dos interesses dos participantes e dos trabalhadores”. Jair lembra que a Contraf-CUT preparou um material de apoio, que está disponível para download na área de acesso restrito do site.

A ampliação da representação dos participantes nos Conselhos e criação dos Comitês de Gestão por grupos de plano é uma conquista dos funcionários do Itaú-Unibanco, depois de muita negociação e muitas lutas. O movimento sindical sempre teve a convicção de que podia melhorar a Fundação Itaú-Unibanco, aumentando a fiscalização, ampliando a representação dos participantes e conquistando melhorias contínuas nos planos.

“É o nosso futuro que está em jogo, portanto temos que ficar atentos ao novo calendário e às regras do processo que será de maneira virtual. Como houve alteração na forma de votação, chamamos a atenção do participante, para que ele possa ter tempo hábil para cadastrar sua senha junto à Fundação Itaú Unibanco, caso ainda não tenha uma senha”, ressaltou a dirigente da Fetec-CUT/SP Erica Godoy, atual conselheira deliberativa da Fundação.

Poderão votar os bancários ativos e assistidos, que sejam participantes da Fundação Itaú e estejam alocados em um plano. Cada eleitor poderá votar apenas uma vez, independentemente do número de benefícios que receba da Fundação.  Para a votação nos conselhos, o participante vota na chapa. Já para a eleição dos Comitês de Gestão de Planos, o voto é individual.

A votação será virtual, somente pelo site: www.fundacaoitauunibanco.com.br, com o participante utilizando sua senha cadastrada junto à Fundação. A apuração será dia 13 de maio e a divulgação dos eleitos entre os dias 14 e 17 de maio.

Em caso de dúvidas, ligue para os telefones da Fundação: Capitais e regiões metropolitanas 4002-1299; demais localidades 0800 770 2299; deficientes auditivos ou de fala 0800 770 2399.

Chapa 1 – Fundação para todos, o futuro é nosso

Confira, abaixo, a composição da Chapa 1:

Para o Conselho Deliberativo: Carlos Damarindo (diretor do Sindicato dos Bancários de São Paulo) e Mauri Sérgio (efetivos); e Erica Godoy e Kelly Fernanda, como suplentes.
Para o Conselho Fiscal: Onisio Paulo Machado e Liliane Oliveira (efetivos); e na suplência por Adriano Campos Rodrigues e Antonio Augusto B de Borges.

Os candidatos aos Comitês de Gestão dos Planos da Chapa 1 são:

Ativos: Marcelo Abraão (PAC 3); José Geraldo Martins (Prebeg); Maikon Azzi (Futuro Inteligente e Itaubank-Ativos); Marco Antonio Pereira (Itaubanco CD – Ativos); Denia Almeida (Itaulan, Franprev, outros)

Assistidos: Maria Helena Francisco (Itaubanco CD); Roberto Alvez de Souza (Itaucard); Clarice Torquato (Futuro Inteligente); Carlos Gouveia, o Carlinhos (Pac).

Para a votação nos conselhos, o participante vota na chapa. Já para a eleição dos Comitês de Gestão de Planos, o voto é individual. Os candidatos formam uma chapa ampla, com representantes de várias regiões do país.

Veja as principais propostas da Chapa 1

  • Previdência para todos: queremos um fundo de pensão privado fechado para todos os funcionários que ainda não possuem um plano de previdência fechada.
  • Para aproximadamente 21 mil participantes do plano Itaubanco CD, debater sobre a distribuição de saldo excedente em 2020 do fundo previdencial.
  • Criar alternativas para os participantes do Franprev num modelo semelhante ao Itaubanco CD.
  • Queremos que os participantes tenham direito a uma vaga na diretoria da Fundação.
  • Queremos, no Futuro Inteligente, fazer revisão das condições atuais do plano, introduzindo o Benefício Mínimo e análise do valor da UP.
  • Reabertura da migração do PAC para o Itaubanco CD.
  • IJMS – mais transparência.

Fonte: Contraf-CUT