Itaú contabiliza 7 casos de Covid-19 em menos de uma semana

19 de janeiro de 2022

Em menos de uma semana, a agência do Itaú da 7 de Setembro, localizada em Campina Grande tem suas portas fechadas após mais um caso positivo para Covid-19. Com este, já são 7 casos confirmados na unidade neste curto espaço de tempo.

O aumento do número de casos entre os trabalhadores reforça ainda mais a urgência dos Bancos em atenderem as reivindicações do movimento sindical e ampliar o quanto antes o protocolo de segurança sanitária.

Após reivindicações do movimento sindical, Itaú divulga comunicado com novos protocolos sobre a Covid-19

Mesmo diante a nova variante ômicron e também o surto da gripe – H3N2 os bancos retomaram as atividades e flexibilizaram os protocolos prejudicando não só a segurança da categoria, mas a dos clientes e de toda a população.

“É urgente que haja mais rigidez nas medidas sanitárias para proteger a saúde e vida dos trabalhadores”, destacou Esdras Luciano, presidente do Sindicato.

Após a confirmação do caso, a agência foi fechada nesta quarta-feira (19). O Sindicato entrou em contato com o Banco cobrando que todas as medidas de segurança fossem rigorosamente respeitadas.

Os representantes dos trabalhadores alertam para que o bancário que estiver com qualquer sintoma gripal deve avisar ao gestor e não comparecer ao local de trabalho, realizar o teste de Covid-19 e, se possível, também para Influenza, aguardando o resultado em casa, seguindo os protocolos específicos do seu banco, que são acompanhados pelo Sindicato.

Qualquer desrespeito aos protocolos de prevenção nos locais de trabalho também deve ser denunciado à entidade.

Bradesco – A agência central do Bradesco, localizada na Marquês do Herval, em Campina Grande, também foi fechada pela segunda nesta quarta (19), após mais um caso confirmado de covid.

No último dia 12, a unidade foi fechada pelo mesmo motivo.

O Sindicato tem acompanhado todos os casos e cobrado dos Bancos que os protocolos internos sejam cumpridos.

Fonte: Seeb_CGR