Santander diz na Espanha que não precisa de provisões adicionais

O grupo espanhol Santander não precisa de provisões adicionais para cumprir as novas regras do Banco Central da Espanha para reconhecer dívidas ruins, afirmou o vice-presidente do Conselho, Matias Rodriguez Inciarte, nesta quarta-feira (19).

O ministro da Economia da Espanha, Luis de Guindos, disse na terça-feira (18) que bancos espanhóis teriam de enfrentar provisões extras contra perdas com empréstimos de até 10 bilhões de euros (13,35 bilhões de dólares) ao longo dos próximos dois anos, para cumprirem as novas regras de refinanciamento de empréstimos.

Fonte: Reuters