Bradesco, respeita também minha barba!

Banco desobriga uso da gravata, condicionando apenas a ocasiões em que for necessário

Arte: Linton Publio

O Bradesco divulgou que, a partir de agora, o uso de gravata pelos bancários não é mais obrigatório. Até então, a gravata só era opcional às sextas-feiras e obrigatória nos outros dias. O banco lançou a notícia de maneira bem-humorada, destacando o respeito coletivo, por meio da hashtag #aliadospelorespeito.

Não é de hoje que o Sindicato faz coro às reivindicações dos trabalhadores por respeito à sua identidade visual, às suas características físicas e à expressão de sua personalidade. Mas, além de desobrigar o uso da gravata, os bancários do Bradesco querem também respeito e liberdade para usar barba.

Cabe ressaltar que, assim como a roupa, a barba não interfere na responsabilidade e no desempenho do trabalho. Embora o Bradesco afirme aos dirigentes sindicais que não proíbe seu uso, muitos bancários alegam o contrário. Por isso, seria importante o banco divulgar também o respeito à barba.

 

Fonte: SEEB Curitiba