Sindicato presta assistência a bancários após assalto na UEPB

O Sindicato esteve presente na manhã desta segunda-feira (01), na agência do Santander da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, para prestar assistência e garantir a emissão da CAT (Comunicação de Acidente do Trabalho) para todos os funcionários da unidade, após o tiroteio durante assalto no local.   

A ação criminosa deixou um vigilante da universidade e vários estudantes feridos.

De acordo com relatos dos funcionários da agência, hoje começaria os pagamentos do mês. No momento, em que o vigilante do carro forte entrava no local com o malote de dinheiro para abastecer a unidade, foi surpreendido por um dos assaltantes, que já chegou atirando.

Com o tiroteio, houve um grande tumulto dentro da universidade, deixando todos em pânico. Os criminosos conseguiram fugir levando malotes de dinheiro e uma arma de um dos vigilantes. Até o fechamento desta matéria não havia informações da quantia roubada.

Ao saber do ocorrido, os dirigentes do Sindicato, Andrezza Leite e Leidson Neto, mantiveram contato com o banco para cobrar a emissão de CAT aos funcionários, que ficaram bastante abalados com a ação, inclusive, um deles, precisou de atendimento médico hospitalar. E garantir que a agência não fosse aberta nesta segunda-feira.

Fonte: Seeb_CGR