Sindicatos cobram esclarecimentos a Superintendência do BB na Paraíba sobre novo processo de reestruturação

Assim que foram informados sobre o novo plano de reestruturação do Banco do Brasil, os Sindicatos de Campina Grande e da Paraíba, entraram em contato com a Superintendência Estadual do Banco solicitando uma reunião de urgência para discutir o plano anunciado pelo BB que, além de afetar funções, agências e departamentos, também prevê um Plano de Desligamento Incentivado. O encontro aconteceu nesta terça-feira (3), em João Pessoa.

Participaram da reunião, o presidente do Sindicato, Rostand Lucena, o secretário geral, Esdras Luciano, Leidson Neto, secretário de Integração da Micro-região, representantes do Sindicato da Paraíba, Adriano (representante da Superintendência do BB da Paraíba), Paulo de Tarso (Gepes – João Pessoa) e Thiago (Ag. Setor Público).

Na ocasião, os representantes dos trabalhadores cobraram do superintendente transparência na reestruturação, solicitando que a regional humanize o processo por mais difícil que ele seja, algo que a direção do banco não tem demonstrado a menor sensibilidade. “Pedimos que o funcionário não seja visto apenas como matrícula, mas que haja sobretudo respeito. E que não seja exercida nenhuma pressão sobre aqueles funcionários que fazem parte do público alvo para adesão ao plano de adequação ao quadro”, frisou Rostand Lucena.   

Os Sindicatos também externaram a preocupação em relação aos funcionários lotados em agências que com a reestruturação se transformam em postos de atendimento. Os dirigentes sindicais cobraram da Superintendência que possibilite a transferência dos mesmos para as unidades mais próximas, minimizando o sofrimento dos bancários.

Adriano informou que todos foram pegos de surpresa com essa Reorganização Institucional lançada pelo banco com o objetivo de buscar a competitividade e a perenidade dos negócios. Leu alguns ofícios sobre o assunto e disse que já estão trabalhando no mapa das vagas e adequação para levantar a realidade na Paraíba. O superintendente se comprometeu a atender a maior parte das reivindicações apresentadas, assim como manter um diálogo permanente com as entidades sindicais durante todo o processo.

Uma nova reunião deve ser agendada para os próximos dias.  

O Sindicato tem percorrido as unidades dialogando com os trabalhadores sobre essa situação. E comunica que em casos de dúvidas, os bancários podem acionar os canais de atendimento da entidade, WhatsApp (83) 99856-0238 ou email secretaria@bancarioscg.com.br. Se a entidade não soube responder o questionamento, o mesmo será encaminhado diretamente para a superintendência.

Fonte: Seeb-CGR