Bancários de Campina Grande e região aprovam adesão à GREVE do dia 14

Em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (10), no auditório do Sindicato, os bancários de Campina Grande e região aprovaram a adesão à GREVE GERAL, convocada pelas centrais sindicais de todo o país para o dia 14 deste mês. Diversas categorias vão parar suas atividades contra a reforma da Previdência.

Os trabalhadores também irão  protestar contra outros ataques promovidos pelo governo Bolsonaro, a exemplo dos cortes na educação, ameaças as empresas públicas e em defesa de uma saúde pública de qualidade para todos.  

A PEC 6/2019, proposta pelo governo Bolsonaro, inviabiliza a aposentadoria para a grande maioria dos brasileiros, reduz valores de benefícios e afeta principalmente as mulheres e os mais pobres.

Durante a assembleia, o presidente do Sindicato, Rostand Lucena, destacou que somente a forte mobilização poderá barrar a reforma Previdência. “A participação de todos é fundamental para fortalecer a luta em defesa dos nossos direitos. O dia 14 será histórico para o país. É a chance que os trabalhadores terão de mostrar a sua força e frear os atrasos promovidos pelo governo”, disse.

Também ficou defino que na quinta-feira (13), haverá uma nova assembleia para ratificar e organizar as atividades no dia 14.

Fonte: Seeb-CGR